Rua Nabuco de Araújo, 248  

Embaré - Santos, SP 

sorayacostanutrifuncional@gmail.com

Tel: (13) 97412-4734

  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
logo.soraya costa.png

Saúde da Mulher

Fases

Além da idade fértil, onde mulher passa oscilações hormonais do ciclo menstrual, ao longo da vida também passamos por fases diferentes, como a menarca, gestação, amamentação e menopausa. Cada fase uma necessidade alimentar diferente.

 

Em relação a idade fértil, podemos usar o poder dos alimentos e ervas a nosso próprio benefício, preparando nosso corpo para eliminação de toxinas através de nosso sangue, fazendo escolhas mais conscientes, que estimulem essa eliminação, como vegetais e ervas digestivas.

Podemos escolher alimentos que diminuam a retenção hídrica em detrimento aos que retêm; escolher alimentos que contenham mais nutrientes precursores de serotonina, para que possamos passar pela fase pré-menstrual com menos sintomas.

 

Podemos usar ervas que minimizem nossas oscilações hormonais bruscas, dentre muitas outras atitudes de autocuidado. Tudo isso considerando nossa individualidade, como a Ayurveda propõe.

Entre em contato comigo e agende sua consulta para que eu possa ajuda-la a ter uma vida mais saudável e feliz.

 

Mulheres são seres bastante complexos, por isso precisam de um olhar diferenciado. A mulher é cíclica, nunca está igual.

 

Estamos ligadas tanto à nossa natureza interior (nosso ciclo menstrual) quanto à natureza exterior (fases da lua). Temos oscilações de desejos e emoções ao longo do mês e a maioria de nós julga isso um fardo.

 

Na verdade, o fato de sermos cíclicas é uma bênção. Podemos nos conhecer melhor através de nosso corpo e, assim, poder organizar nossa vida com atividades que se encaixem e funcionem melhor em cada fase.

 

Antigamente éramos assim. Mas então começamos a nos comparar com os homens, sofrer repressões por sermos mulheres e menstruarmos (principalmente no ambiente de trabalho) e alguns de nós até optam por não menstruar.

 

Queremos o mesmo nível de energia e disposição o tempo todo, mas simplesmente não somos assim. Começamos a negar o nosso feminino e as consequências disso não são boas.

 

Podemos usar esse conhecimento ancestral aliado a alimentação e hábitos direcionados à cada período.

Sabemos que muitas de nós sente vontade de comer mais doces no período pré-menstrual, inchamos, ficamos mais emotivas.

 

Se nos conectarmos mais com nossas fases, com nossas dores físicas e emocionais, com o alimento que escolhemos, poderíamos ter uma performance de vida muito melhor, minimizando essas reações do nosso corpo.

 

As mulheres podem se desconectar facilmente de seu corpo, devido a ditadura da beleza. Hoje, bonito é ser magra, mas com uma boa camada de massa magra.

 

Revistas, televisão, universo online de mídias sociais, blogueiras, modelos com padrões de beleza excessivamente magros, completamente fora do padrão da mulher brasileira fazem as mulheres sentirem que sempre tem algo a ser melhorado. Nunca estamos satisfeitas com nossos corpos.  Não nos aceitamos mais como somos!